Capa‎ > ‎

Memorável festa dos 60 anos

Aos sessenta anos do Dendotyo: Viva!.. Viva!.. Viva!

Com três vigorosos vivas, o Primaz Murata puxou a aclamação entusiasmada de todo público presente no Recanto Tenri, as felicitações pelos sessenta anos de fundação da Sede Missionária, Dendotyo do Brasil.

A Cerimônia Comemorativa que acabara de ser celebrada hora atrás, no Recinto de Reverência da Sede, teve ao centro o Shimbashira, autoridade máxima da Igreja Tenrikyo, reverendo Zenji Nakayama, que acompanhado de sua esposa, Harue, vieram prestigiar a conclusão de mais um decenário.

O Primaz Murata, com a voz nitidamente emocionada, antes, fez os sinceros agradecimentos a todos os 6.500 regressantes que vieram das mais diversas e distantes regiões do país para participar das festividades comemorativas da Sede Missionária. Ainda, solicitou que, em união espiritual, dessem início a uma nova partida com muito ânimo, e desenvolvessem esforços para conduzir o mundo à salvação e à vida plena de alegria e felicidade.

O Shimbashira e sua esposa Harue, acompanhados pelo Ministro da Sede da Igreja e chefe do Departamento de Missões Exteriores, reverendo Yoichiro Miyamori, e pelo jovem Motomichi Uemura, desembarcaram no Aeroporto Internacional de São Paulo/Guarulhos no dia 10 de junho. Sendo recebidos pelo Primaz, foram conduzidos diretamente à cidade de Bauru, para a Sede Missionária, Dendotyo do Brasil.

No dia 11, reunindo os membros das associações dos Moços e Feminina, recebendo seus respectivos presidentes mundiais, Shimbashira e esposa, foi realizada a Assembleia Geral. Ambas detêm papéis fundamentais, considerando os seus próprios objetivos: de desbravar o caminho ainda desconhecido e de consolidar a base do caminho.

No dia 12, ainda de madrugada, começaram a chegar milhares de regressantes, em caravanas. E, para permitir as reverências, todos os salões circunvizinhos ao Recinto de Reverência foram adaptados com projetores multimídia. O Shimbashira, em sua saudação, enfatizou a importância de “suceder e transmitir, sem equivocos” os modelos dos antecessores.

E, ainda, o Shimbashira, que também é o presidente da Associação Infantojuvenil, acolheu seus membros no Encontro da Alegria, os quais, através de seus representantes, prometeram caminhar “com espírito amplo, grande e radiante” para alegrar o Parens.

Todas as determinações oferecidas e orientações recebidas no decorrer das festividades serviram para harmonizar os espíritos e deixá-los radiantes. Este contentamento estava presente na grande festa comemorativa e na alegria estampada em todos os rostos.

A vinda do pai espiritual ao Brasil, pelo menos a cada decenário do Dendotyo, faz revigorar o ânimo de todos os companheiros da fé deste caminho. Cada qual em sua posição, há três anos, tomaram decisões firmes e vieram desenvolvendo suas determinações ao longo do período de “mil dias”. As determinações podem ser avaliadas pela concretização das diversas atividades programadas: todas concluídas de forma alegre e festiva e sem qualquer  intercorrência. Mas, para não incorrermos no acúmulo da poerias do orgulho, sem dúvidas, há os méritos acumulados por gerações, as sinceras dedicações dos mestres antecessores e o amparo irrestrito de Deus-Parens e de Oyassama.

Todas as nossas condutas receberão avaliações no futuro. Para que as próximas gerações tenham a direção correta do caminho para a vida plena de alegria e felicidade, vamos desenvolver ações que levem ao desenvolvimento e prosperidade das pessoas nesta terra brasileira, com a prática do ensinamento.