home‎ > ‎

Histórico

    O JORNAL TENRI foi fundado em abril de 1971, como parte das atividades comemorativas do 20 anos de fundação da Sede Missionária de Dendotyo.
Criado como órgão informativo, através do incentivo e projeto do reverendo Chujiro Otake, primeiro Primaz da Sede Missionária.
    Até então, por cerca de vinte anos, desde a inauguração da Sede Missionária, era produzido um boletim mensal, impresso em mimeógrafo, com tiragem inicial de 100 exemplares.
    A primeira edição do JORNAL TENRI data de 18 de abril de 1971, tendo a data natalícia de Oyassama como marco. O formato era no padrão standard (56 cm x 32 cm), com quatro páginas (duas em português e outras em japonês) e tiragem de 3.500 exemplares.
    O objetivo inicial era transmitir a toda a comunidade da Tenrikyo, e o quanto antes, as orientações que chegavam da Sede da Igreja em Jiba, além de apresentar o programa de atividades da Sede Missionária e de também servir como órgão de divulgação da doutrina.
    As experiências levaram a aperfeiçoá-lo, passando a cinco páginas e a oito em janeiro de 1974. Na época do Centenário do Ocultamento Físico de Oyassama (1986), o jornal passou à tiragem de 15.000 exemplares.
    Em maio de 1994, o JORNAL TENRI passou ao formato tablóide (32 cm x 28 cm), com oito páginas (quatro em português e outras em japonês). 
    Em junho de 2001, adota o padrão de quatro páginas coloridas e, a partir de abril de 2003 dobra a dezesseis páginas (doze em português) e tiragem média de 23.000 exemplares.
    Devido à atual conjuntura, já na sexta geração de descendentes e consequente diminuição de pessoas que leem o idioma japonês, em agosto de 2011, após encerradas as coberturas das atividades comemorativas dos 60 anos de fundação da Sede Missionária, o JORNAL TENRI passa à publicação exclusivamente em português.