Opinião‎ > ‎

As respostas nas reflexões

Fiz uma comparação com um fato marcante na família Ishii em relação à razão da origem, que é a criação dos seres humanos que consta na doutrina da Tenrikyo.

Através desta comparação, fiz uma grande reflexão e descobri que todas as coisas que acontecem neste mundo são regidos pela vontade de Deus Parens, que deseja a vida plena de alegria e felicidade.

O fato marcante foi a doença do meu irmão. Foi um período de bastante aprendizado e evolução espiritual. Mas sempre pensamos no porquê, em razão da idade, do seu filho ainda pequeno, e muitas outras coisas, pensando somente pelo lado humano.

Ele retornou no dia 3 de março de 1999, quando tinha 33 anos de idade.

Para mim sempre foi uma data marcante por ter muitos números três e também muitos números 9.

Sempre pensei que talvez houvesse algum significado, mas, nunca consegui algo concreto. Certo dia, relendo e estudando a razão da origem, fiz algumas reflexões que me fizeram ver o quanto Deus-Parens espera ansiosamente que todos os seus queridos filhos vivam a vida plena de alegria e felicidade.

Primeiramente gostaria de falar um pouco sobre a razão da origem.

No ensinamento da razão da origem Oyassama nos ensinou de que forma os seres humanos foram criados.

Deus-Parens, olhando para o mundo que ainda era um mar de lama, viu um mundo sem graça, e então teve a ideia de criar os homens para compartilhar da vida plena de alegria e felicidade.

Encontrou alguns instrumentos que poderiam servir para a criação dos seres humanos, atraiu-os e, provando os seus sabores espirituais, utilizou cada um para uma função. E criou o casal tendo o céu e a terra como modelo.

Determinados os protótipos e os instrumentos, começou finalmente a criação dos seres humanos, e ensinando-lhes a providência da criação dos seres humanos, Izanami-no-Mikoto concebeu no seu ventre, novecentos milhões, noventa e nove mil, novecentos e noventa e nove filhos em três dias e três noites.

Depois disso, ela permaneceu nesse lugar três anos e três meses e, finalmente, despendendo setenta e cinco dias, deu à luz tantos filhos quanto o número concebido.

Os nascidos na primeira geração eram uniformemente de meia polegada de altura e cresceram gradualmente de meia em meia polegada e, ao passarem noventa e nove anos, alcançaram a altura de três polegadas, e retornaram todos. Esse processo foi repetido por três vezes, e passados 99 anos, mais uma vez, todos retornaram.

Depois disso, houve várias transformações, que vocês todos poderão encontrar no livro “Doutrina de Tenrikyo”, até chegarmos no dia de hoje.

Deus-Parens revelou esta verdade aparecendo diretamente ao mundo fazendo de Oyassama o seu Sacrário, a fim de ensinar a todos o caminho da vida plena de alegria e felicidade.

Em relação à data do retornamento, os números são bastante semelhantes ao da criação dos seres humanos.

“Foi concebido no ventre 900 milhões 99 mil e 999 filhos em 3 dias e 3 noites.”

Meu irmão retornou (faleceu) no dia 3 do mês 3 do ano de 1999.

“Permaneceu neste local por 3 anos e 3 meses.”

A idade de quando retornou era de 33 anos.

“Ao passarem noventa e nove anos, alcançaram a altura de três polegadas.”

E mais uma vez aparece o número 3 e o 9.

Todos esses números são números do início da vida.

Quando Oyassama se ocultou fisicamente em 1887, ela disse, através das indicações divinas:

“Entendam bem. O que disse até agora deixei-o colocado na caixa da verdade. Porém, eis que Eu, Deus, por causa do meu amor por meus filhos, saí abrindo o portal, e encurtando 25 anos da vida que o Parens tinha ainda pela frente, e começo a salvar-lhes a partir de agora. Fiquem observando bem. Fiquem observando bem o que foi até agora e o que será doravante.”

Quando percebi estas semelhanças, refleti.

Desse nó, a elevação espiritual dos familiares foi bastante grande. Com certeza na época foi um acontecimento bastante triste, mas quando refleti nos números, parece que havia a voz da Oyassama que me dizia: “Esse retornamento é o inicio de uma nova fase. É a partida para a vida plena de alegria e felicidade, fiquem observando bem, fiquem observando bem o que foi até agora e o que será doravante.”

Com certeza, tudo o que acontece neste mundo, é a preparação para que todos possam viver a vida plena de alegria e felicidade, onde todos se ajudam mutuamente.

Poder pensar desta forma e poder sentir alegria em qualquer situação é em razão dos ensinamentos que a Oyassama nos deixou.

*José Katsumi Ishii, é condutor da Igreja Tsuhakuryu e diretor da Associação Infantojuvenil do Brasil